Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
D O R

Dor existe de várias formas,

Dor que em mim em lágrimas se transforma

Dor pelo ente querido,

De algum modo perdido.


Dor no dente careado.

Que com muito cuidado,

Por ser mal zelado,

Acaba sendo obturado.


Dor de se perder a liberdade,

Que por algum desatino cometeu atrocidade.

Devendo ser julgado,

Se culpado, acaba condenado.



Dor antes, deitado em cama fria,

Acaba sendo picado pela anestesia.

Depois de cirurgiado,

O corte fechado e pontilhado.


Dor de sentir sobre si

Os olhos do bentevi

Antes da estilingada,

Que deixará sua cabeça despedaçada.


Dor de ver a partida do amigo,

Por demais querido,

Na ânsia de seguir em frente,

Nos deixará descontente.


Dor de ser carente,

Ser impotente,

Para com humildade tentar

Seu sonho realizar.


Dor do pai ver todo dia

A panela vasia,

O filho a chorar,

E não Ter com que alimentar.


Dor profunda, sem igual,

Dor crescente, anormal,

É a dor da convicção

Da odiosa exlusão.

GDaun
Enviado por GDaun em 22/08/2006
Reeditado em 25/08/2006
Código do texto: T222281

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (43010 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:25)
GDaun