Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ecos Vazios


Zena Maciel
 
 
O silêncio das horas navega
dentro  da dor
No vácuo da solidão a
alma enrugada chora
O coração grita
ecos vazios
Nas esquinas  do medo
a voz cala diante dos
obtusos labirintos
No olhar deserto o
flamejar do desencanto
cobre as fantasias
Nos cárceres do tempo
restos de sonhos mutilados
A esperança já não tem cor
A vida segue em preto e branco
O mundo  é de sombras!
Tarde demais para
esperar a gestação da primavera!
 
 
Recife-PE- 2004


 
 
 
 
 
 
Zena Maciel
Enviado por Zena Maciel em 25/08/2006
Código do texto: T225379
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Zena Maciel
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
239 textos (6626 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:03)
Zena Maciel