Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Espinho na Carne


Aproxima-se o tirano de minha vida
Espada em punho, sem nenhum remorso
Corta-me o coração aos pedaços
Espalhando ao vento as ilusões .


Solto o derradeiro suspiro
Esperando que a morte seja rápida a vir  buscar-me
Peço ajuda aos céus, entrego-lhe minha alma
Meu olhar declara a minha dor ...



Ao meu carrasco falo coisas que ele não entende
Balbucio palavras que fluem do espírito
Mas ele cego e implacável
Não quer tirar-me somente a vida mas toda a razão para vive-la !



Fecho meus olhos e alcanço o espaço
Nada sou agora apenas  silêncio
Talvez uma  matiz a mais
Que mesmo assim orna de cores o arco Íris
Iluminando a estrada pelo qual irás passar!



(Paulo, apostolo de Jesus Cristo em oração pede ao Mestre que lhe retire o espinho da carne.
Pedido ao qual o Senhor lhe responde:
“Paulo, a minha graça te basta!”)
Wanda Ayala
Enviado por Wanda Ayala em 26/08/2006
Código do texto: T225522

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Wanda Ayala-www.recantodasletras,.uol.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Wanda Ayala
Portugal
425 textos (36692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:52)
Wanda Ayala