Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fantasia de cobardia


Fantasia de cobardia



Lentamente se afasta a cobardia
E se instala, feliz e sorridente, a tonta valentia,
Que se julga autoridade...toda cheia de mania!

Pobre de mim...não têm sabedoria...
Não vislumbram falsa alegria!

Não vêm que a cobardia,
Fantasiou-se de valentia...
E dela fez, sua moradia?



Fátima Rodrigues
Fatima Rodrigues
Enviado por Fatima Rodrigues em 26/08/2006
Código do texto: T225613

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fatima Rodrigues
Portugal, 56 anos
459 textos (21069 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 08:58)
Fatima Rodrigues