Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estranha Morte

Dia chato
no mínimo muito estranho
falar da morte certeira
sem barreiras
fronteira finita do viver

Melancólico
assisto amigos partindo da vida
com certeza
todos
sem mais breve
sem mais ver

Fico a pensar
qual meu dia
um pensar que volta e meia
insiste em se apresentar
por algum tempo a ficar
confesso
a me atormentar

Sei que será assim
para todos um fim
morte estranha
uma façanha
não gostosa de pensar
impossível de escapar.
CesarO
Enviado por CesarO em 29/08/2006
Código do texto: T227854
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CesarO
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 60 anos
873 textos (24112 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:20)