Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Medo.

A tristeza destrói o mundo,
Difícil esquecer o medo,
A angustia consome dias e noites,
O peito dói, a vida passa...

Dias pesados como a solidão,
Noites dolorosas, o frio de não se ter um abraço,
As esperanças vão caindo uma a uma,
E quando ha sede, não há copos,
E quando há fome, não há garfos,

A cada novo passo uma queda,
Tropeça nas próprias pernas,
A tristeza é um vicio,
Seu sintoma é a solidão,

Como um morto vivo ele não reage,
Não consegue,
Seus olhos não vêem mais beleza,
Seu coração não sente mais amor,

Ele já morreu...e ninguém enterrou.



Leo Magno Mauricio
Enviado por Leo Magno Mauricio em 31/08/2006
Reeditado em 31/08/2006
Código do texto: T229212
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leo Magno Mauricio
Guarulhos - São Paulo - Brasil
455 textos (14413 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:44)
Leo Magno Mauricio