Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


somente eu, e mais ninguém


9 horas
3 reais
cerveja além de meu limite financeiro
canções mal feitas e você nem está ai
tráfico no banheiro
pó por 10 reais
sua alma te consome assim
e você sequer trata de traçar um ritmo rápido e benéfico a ela.

garotas sensuais, nada a retribuir
vaidade exacerbada, nada pra se aproveitar
gente embriagada com cálice de fino sangue a mão
mochila pesada sem saber pra onde ir
e só assim você tenta esquecer seus tormentos mas de nada adianta

luzes no espelho
conversas paralelas
cantadas homossexuais, você respeita mas tem que fugir
esperança de encontrar alguém
esperança certeira de que você não terá alguém

3 de novembro esquecido
pessoas que não te ligam
amigos hoje, cara feia amanha
garotas falsas em suas palafitas de pele cor-de-rosa
quem sabe as ruins sejam as boas!
quem sabe as aparentemente maduras sejam tão babacas!

Chevette 89, você já se divertiu nele
celular simples que te fez ganhar o mundo
olhar vivo que antes você tinha
e que agora não chama mais atenção
nem dos anjos do sono que lhe vem de manhã cedo...

...você escolheu por falta de opção...
...hoje você é escolhido por falta de opção também...
sem mais conversas
sem mais palavras, vamos aos interesses!
você se perde, elas não te cumprimentam
ônibus chegando
e você vai falar com seus amigos virtuais

tente dormir melhor
tente fazer algo bom
tente cuidar mais de sua pele e do timbre de sua voz
eles são assim tão alienados...
...e jamais irão reparar
nas nuances da tua personalidade tão modificada...
...somente você e nada mais...
Rônaldy Lemos
Enviado por Rônaldy Lemos em 31/08/2006
Código do texto: T229480
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rônaldy Lemos
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
1173 textos (70529 leituras)
70 áudios (455 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:51)
Rônaldy Lemos