Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anjo das trevas

Anjo das trevas,
que de trevas se tornou,
um dia fora de luz,
quando meu coração roubou,

Devolve, anjo gatuno,
que ri do meu importuno,
Devolve o que nunca te pertenceu,

Anjo das trevas,
que não perde por esperar,
aquele a quem seduz,
que deseja se vingar,

Lamenta, anjo gatuno,
A dor lhe bate profundo,
como o sentimento que há muito se perdeu,

Anjo das trevas,
a Morte lhe espelha o rosto,
e no tão intenso contraste,
de alegria sinto o gosto.
Sapo
Enviado por Sapo em 31/08/2006
Código do texto: T229561
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sapo
Belém - Pará - Brasil, 27 anos
22 textos (352 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:01)