Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FANTASMAS.../¿FANTASMAS = TÂNIA AILENE

FANTASMAS...
TÂNIA AILENE


Quem vê o meu olhar triste
se pergunta?
Porque?
Tem tudo, uma família linda,
nada te falta
um homem que te ama!
O que mais quer?
Uma perspectiva de sonhos
o poder direcionar a vida
sem cobranças.
Tudo tem um preço!
Família, nome, amigos,
recomeçar parece fantasmas distantes.
Como se fazer entender
diante da situação?
Quando a única saída que vejo é:
aceitar
conformar
esperar...
Ou me acabar no desespero
do amar a todos
sem aceitar ordens
e invasão...
Isso eu não quero...
Não!

¿FANTASMAS
TÂNIA AILENE

 Quién ve mi mirada si
pregunta triste?
¿Porque?
Tiene todo, una familia bonita,
¡nada carece
 a hombre a usted que le ame!
¿Qué más que desea?
Una perspectiva de sueños
 la energía de dirigir la vida
 sin colecciones.
¡Todo tiene un precio!
Familia, nombre, amigos,
recomenzar se parece fantasmas distantes.
¿Cómo convertirse para entender
 delante de la situación?
Cuando es la única salida que veo:
para aceptar
 para conformarse
 con la espera…
O acabarme en la desesperación
para amar a todos sin
aceptarla ordena
 e invasión…
Esto que no deseo…
¡No!


8/05/2006
TÂNIA AILENE
IGUABA GRANDE
RIO DE JANEIRO
Tânia Ailene Nua Poesia
Enviado por Tânia Ailene Nua Poesia em 06/09/2006
Código do texto: T233710
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Ailene Nua Poesia
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
886 textos (30277 leituras)
28 áudios (1362 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:30)
Tânia Ailene Nua Poesia