Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Porque choras criança?

Criança que choras,
diz-me, porque choras?
Sei que não queres responder,
mas vais-me já dizer
  o que te afronta.

Não chores, criança,
que o choro é bonança
dos mais infelizes destinos.
É tão feio os meninos
chorarem! Vá!

Sei que não tens culpa,
mas...não é desculpa
para dares a um amigo.
Desabafa comigo.
Não chores mais.

Feriste o dedinho?!...
Falta-te carinho?!...
Foi teu pai que te castigou?!...
Mas...alguém te magoou?!...
Não!...Então fala.

Vá! Não tenhas medo.
Não te ponho um dedo.
Só dizes “não”?!...Porque te calas?
Calado não te ralas!...
Adivinhei?

“Não”, sempre “não”!...Diz:
não és tão feliz
como os passarinhos do céu?
O mundo é todo teu!
És livre...livre...

Tens pais que te zelam,
mil olhos te velam
de todo o perigo que corres.
De desvelo não morres!
Pensa bem...pensa...

Pudesse eu ser tu,
quer vestido ou nu,
ferido, odiado, infeliz,
risonho, adorado e feliz,
não choraria.

(10/02/1972)
batista_oliveira
Enviado por batista_oliveira em 19/09/2006
Reeditado em 23/04/2013
Código do texto: T244048
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
batista_oliveira
- - Porto - Portugal, 64 anos
31 textos (724 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:13)
batista_oliveira