Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cúmplice da Lua
Tere Penhabe

O silêncio é intenso, dolorido, atrevido
como a lâmina afiada de uma navalha
que não corta a carne, corta a alma
com essa ausência cruel que me impuseste.

Os olhos teimam em manter vigília
como se pudessem, como todo dia
de repente te ver chegar sorrindo
a me abraçar sempre com tanto carinho!

Depositar teus beijos armazenados
na minha boca ansiosa pela espera
passear tuas mãos indóceis em mim
como se elas fossem minhas, e eu fosse delas.

Mas nada disso acontece, a quem não merece
se fui cruel, maior crueldade é essa tua
que me deixa agora assim tão perdida
pura e simplesmente cúmplice da lua...

Santos, 17.09.2006_3:16 hs
www.amoremversoeprosa.com


Tere Penhabe
Enviado por Tere Penhabe em 20/09/2006
Código do texto: T244780

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
Cúmplice da Lua - Tere Penhabe
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tere Penhabe
Santos - São Paulo - Brasil, 61 anos
252 textos (25810 leituras)
5 áudios (601 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:25)
Tere Penhabe