Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FRAGMENTOS

Não posso esperar tanto tempo
O tempo não me espera
E a vida cobra vida
 
Eu preciso da sua mão
Talvez um sorriso bastasse
Mas ainda existe o calor do colo
O gelo do solo,
a realidade
 
Horas de saudade
Frio de espera
 
A primavera chegou
Mas o inverno me acompanha
As lágrimas do meu outono ainda caem
 
O granizo congela minha alma
E eu insisto por um verão
Que nunca vai chegar!
 
 
20.Setembro. 2006
18h14
ITANHAÉM,SP
Míriam Torres
Enviado por Míriam Torres em 20/09/2006
Código do texto: T245160
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Míriam Torres
Itanhaém - São Paulo - Brasil
307 textos (17335 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:42)
Míriam Torres