Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sereia sem canto

Ao longe , no oceano, ecoa um lamento
sereia triste  encantada de amor
na rocha escarpada ficou, brada ao vento
entre o canto , o pranto, a dor,
que este leve os seus suspiros, sua voz
ecoe e alcance quem levou seu coração.
Ela chora, descansa na pedra fria
olha as estrelas longe, tão só...
pede, em silenciosa oração
que Netuno tenha piedade, termine sua agonia
liberte a sereia pra ser mulher
deixe-a ir em busca de quem ela quer,
ou mate-a, mude sua forma...seu jeito.
Porque sereia sem coração no peito,
que canta somente a tristeza, no mar,
é lágrima de sal somente, perdeu encanto...
nao encanta com seu canto,
nao tem razao de ser,nao pode amar.
Liane Furiatti
Enviado por Liane Furiatti em 22/09/2006
Reeditado em 20/01/2009
Código do texto: T246670
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre a autora
Liane Furiatti
Curitiba - Paraná - Brasil
776 textos (34956 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:26)
Liane Furiatti