Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Perdoa, pobre Mãe...

Logo após o Grande Premio da França
Ouvi da boca de um renomado locutor
De um importante órgão televisivo
Uma declaração que me deixou estarrecido.

O Piloto Schumacher tinha acabado de vencer:
“Ele deixou de assistir o jogo da sua Alemanha”
“E ficou treinando para esta corrida”
Belo exemplo de uma pessoa perseverante

O que pasma a minha consciência
É fato de que anos atrás... O glorioso piloto,
Preferiu disputar um grande premio,
Quando do falecimento de sua Genitora
Logo ela a causadora do seu sucesso
Sem dúvida sua maior incentivadora

Ele tinha acabado de perder o maior,
Grande prêmio da sua vida
(Talvez para ele)
Sem ela, ele jamais iria a uma corrida

Pergunto Eu:
Quem seria a mãe desse senhor, então?
A tal formula da vida que para “alguns” é UM?
Acho que a máquina, está decepcionada
Ele nunca deu férias para “coitada”

Seu sangue transborda na pele, na última volta
Acusando todo protesto desse mal exemplo
Sinceramente perdi a noção do escrever...
Quero apagar essa minha decepção e revolta
Zedio Alvarez
Enviado por Zedio Alvarez em 25/09/2006
Reeditado em 22/10/2008
Código do texto: T248693
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zedio Alvarez
Petrolina - Pernambuco - Brasil, 59 anos
3324 textos (117356 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:37)
Zedio Alvarez