Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Existo? Não mais...

Durmo no afligir de mais um acordar sobressaltado
Sem a essencial necessidade da vida a nos sorrir
Materializo o pensar no que ainda está no porvir a advir

Ainda vivo a alguns e alguém do alimento que amo
Resisto no grito e choro ao meu íntimo
Quando não mais vejo sonhos a nos sentir

Fui... ? Volto quando... ? E se morri... ?

Durmo não acordo será que recordo o voltar sem esquecer
Sou no agora mais um inanimado ser sem o querer
Omisso não mais sinto o compromisso se o fui a ser

O que não sei e nem serei tenho na certeza o quão esperei
Oh! Como tentei... Eu que sei... E o que dirá você meu bem?
Que árduo esperar de minha eterna guerreira sempre a lutar
E se doar a agora apenas réstia do meu pequeno ser e de tão grande querer
Que não soube oferecer ao conjugar “propiciei” melhor viver a vocês.


Julio Sergio
Recife-PE.
(11.09.06)
Julio Sergio
Enviado por Julio Sergio em 25/09/2006
Código do texto: T249396
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.sitedoautor.net"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Julio Sergio
Recife - Pernambuco - Brasil, 61 anos
522 textos (121033 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:20)
Julio Sergio

Site do Escritor