Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

poeta morto

  Cadê as palavras,
sumiram no ar,
e perderam no vento,
só,ouço um pequeno tilintar


  Rosas brancas,que choram sua propria dor,
perfume doce que paira no ar,
beleza e gentileza,
mesmo sabendo que a morte vai chegar.


  Nuvens rosa,num por de sol vermelho,
cemitério de flores,
mausoléo de perfume,
dos amntes,incansantes!  
Truck
Enviado por Truck em 06/10/2006
Código do texto: T257807

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (seja citado meu nome,e minha URL,e me seja enviado um mail,me comunicando onde vai ser utilizado e como será utilizado meus textos.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Truck
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 38 anos
107 textos (13076 leituras)
2 e-livros (196 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 06:56)
Truck