Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Contemplar a Viagem


Em mim se acumulam teias de aranhas
E o tempo não mais pode me perdoar
Formei imagens que tão fácil se desfazem
E sozinho outra vez a beira do mar brindo ao vazio

Triunfos são apenas lembranças vagas
Outrora erguia jovialmente castelos de sonhos
E agora como uma peça fora do jogo
Observo de longe a felicidade negada a mim

E o beijo cálido da brisa não consola
Tudo se torna tedioso ao longo do caminho
E logo percebo que todos já foram além...

Ainda com muitas perguntas sem soluções
Talvez não haja mesmo respostas
E às vezes penso em somente contemplar a viagem

Chronos Sigdhara
Enviado por Chronos Sigdhara em 10/10/2006
Código do texto: T260838
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chronos Sigdhara
Gama - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
91 textos (2205 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 01:51)
Chronos Sigdhara