Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COMO UM LADRÃO

O meu coração esta partido,
Porque não tem suportado
A sua ausência dentro dele.
É... Os meus dias tornaram-se,
Longos demais para serem vividos,
E as noites uma eternidade,
Pois você saiu da minha vida,
Quando, e como você bem quis.
É não consigo suportar esta dor,
Porque você nem ao menos
Disse-me um adeus...
Com isto a tristeza tem sido,
A minha companhia constante,
E a insônia tem me dominado,
Fazendo com que minha cama,
Não me aceite tão cedo nela,
Pois quando a madrugada chega,
Ela me lembra da nossa felicidade,
E do nosso amor que um dia,
Nos dois juramos proteger...
Mas que agora tudo se perdeu,
Pois na primeira dificuldade,
Voce foi embora fácilmente,
E eu descobri amargamente
Que a única emoção que eu teria,
Vindo de voce seria:
Indiferença e muito desprezo.
Que pena amor, vejo que me enganei,
Completamente a seu respeito,
Pois, você nem me disse adeus,
E saiu da minha vida "como um ladrão",
Que roubou meu coração e foi embora!
Glaucia Duarte
Enviado por Glaucia Duarte em 14/10/2006
Reeditado em 16/10/2006
Código do texto: T263953

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Glaucia Duarte
Caraguatatuba - São Paulo - Brasil
1955 textos (250925 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:31)
Glaucia Duarte