Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sou

Sou...

Sou aquela que passa e ninguém vê
Sou aquela folha que, em qualquer outono, o vento levou
Sou aquela lágrima caída
Sou aquele pingo de chuva
Sou um rio que não deságua
Sou nuvem branca em céu azul
Sou flor do campo em primavera
Sou vento frio de inverno
Sou fogo que não queima
Sou ser que deixou de ser
Sou água a correr pelas pedras ainda úmidas
Sou a luz da escuridão
Sou amor e doação
Sou o ar que deixa viver
Sou saudade quando longe
Sou vontade quando perto
Sou alegria quando junto
Sou filme antigo com pipoca
Sou cobertor nas tardes de domingo
Sou proteção quando há perigo
Sou esperança quando há desânimo
Sou poeta, amante das belas artes,
Poeta, crente no amor verdadeiro
Sou as palavras que a ti encantas
Sou os toques que a ti acalmas
Sou o amor que a ti procuras
Sou a união eterna de nossas almas.

- Carolina Mensen Fernandes -
Carol Mensen
Enviado por Carol Mensen em 16/10/2006
Código do texto: T265473
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carol Mensen
Curitiba - Paraná - Brasil, 26 anos
32 textos (2104 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:17)
Carol Mensen