Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por quê?

Por quê?

Mas por que choras, meu querido amado,
Se és o dono do meu existir?
Se no meu peito te levo bem guardado?
Se te dei minha vida, para você seguir?

Por que insistes em chorar, pequena criança?
Por que não levanta e vai ver o mar?
Por que não deixa vivas as lembranças?
Por que não retorna a sonhar?

Por que te inquietas, sozinho, sem nada a falar?
(Quem dera eu fosse um anjo para tuas feridas curar...)

Por que abaixa a cabeça, tão tristemente?
Saiba que na vida de quem ama não existem limites, corra livremente!

Por que não deixa esta dor, triste menino?
Caminhe nas nuvens e em cima do mar!
Pois quem sabe, num desses passos, não ache alguém para amar?!...

- Carolina Mensen Fernandes -
Carol Mensen
Enviado por Carol Mensen em 22/10/2006
Código do texto: T270937
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carol Mensen
Curitiba - Paraná - Brasil, 26 anos
32 textos (2104 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 18:08)
Carol Mensen