Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lágrimas secas.

Lágrimas secas.
 Delasnieve Daspet

É noite agora.
E a saudade me chega
No corpo e na alma.
No teu lugar apenas o vazio
De movimento e vozes
Que só podem ser teus!

Entre mentiras e sonhos
Foi-se o sono.
Esvai-se a bruma.
Apagam-se as luzes das estrelas.
A lua baixa pra seu sono de paz.
Nasce o dia.

E eu fiquei na espera.
De um abraço ilusório.
De um sorriso largo.
De um olhar terno.
Um murmúrio do vento
Chamando um nome -
O meu!

Quantas noites não dormi!
Passei-as chorando.
Lágrimas secas
Do vazio da tua ausência!

##23-04-2001 Campo Grande MS
 

Delasnieve Daspet
Enviado por Delasnieve Daspet em 24/10/2006
Código do texto: T271947
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Delasnieve Daspet
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 66 anos
654 textos (28490 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:39)
Delasnieve Daspet