Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ABORTO

O que faz aí pequenino
Com as mãos a dançar no vento,
Correndo em volta da casa,
Brincando em meu pensamento?

O rostinho sujo de terra,
Os passos ainda inseguros...
Me faz voltar longas datas
O teu avanço futuro.

Lembra os planos que fiz?
Tomar sorvete no parque,
Fazer arte com as canecas,
Pintar seu quarto de azul...

Lembra os carrinhos de lata
Que nós construiríamos juntos?
E a tarde,quantos assuntos
Teríamos pra conversar!

Deixo-te e deixa-me filho meu,
Com minha imaginação febria.
Eu ficarei nesse dia
Com uma lágrima invisível
Que vela no peito sensível
O filho que não nasceu.
Gilberto de Carvalho
Enviado por Gilberto de Carvalho em 28/10/2006
Reeditado em 14/08/2009
Código do texto: T275637
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilberto de Carvalho
Pirajuí - São Paulo - Brasil, 44 anos
299 textos (13316 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:07)
Gilberto de Carvalho