Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FIQUE TRANQUILO

Neste momento estou deixando-o,
Afogando meus sonhos em lagrimas,
Que tristemente chegaram pelo adeus,
Que prometi a mim mesma neste dia,
Pois meu coração apesar de te amar,
Sofre muito com a sua ausência...
E, não suporto mais sofrer por ti,
Por isto resolvi dar um basta em tudo!
Pois não posso amar alguém que me isola,
Ignora-me, me afasta, e me mantem cativa,
No seu coração, sem que possa alimentá-lo.
Isto chega a ser terrível e bem trágico.
Agora acordei amor, mas fique tranqüilo!
Assim como entrei em silencio no seu mundo,
Assim vou sair dele, mesmo que machucada,
Pois meu amor por ti, só quer o seu bem.
Talvez um dia você entenda meus motivos,
Mas sinceramente... Pela primeira vez,
Não estou preocupada com o que iras pensar,
Da atitude que tomei neste momento, pois...
Amei-te loucamente, e você não me valorizou,
Desejei-te intensamente e você nem ligou,
Quis-te como o ar que respiro, e você me ignorou,
Então sem opção, eu te deixo tranquilamente,
Sabendo que você nem ira perceber minha falta!
Portanto se voce se lembrar de mim fique tranqüilo,
Pois jamais lhe trarei qualquer problema!
Glaucia Duarte
Enviado por Glaucia Duarte em 01/11/2006
Reeditado em 02/11/2006
Código do texto: T279707

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Glaucia Duarte
Caraguatatuba - São Paulo - Brasil
1955 textos (250920 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:06)
Glaucia Duarte