Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando será?!

Quando irá chegar o meu momento
quando?
quando será Shiva
que vou sonhar e realizar
e não me decepcionar?
Quando será que vou amar
e ser amado?
Quando vou ter minha família
quando vou ser aplaudido
quando será que serei com fulgor abraçado
e beijado?
Quando será que não serei mais um desiludido?
Quando será que vou ser um poeta da felicidade?
quando serei um poeta de momentos presentes
e não mais somente do passado
e da saudade?
Quando será, senhor Shiva,
que abandonarei esta vida cigana
e encontrarei-me com meu Dom Supremo,
O meu Amor,
A minha doce amada?
Ohh Deus shiva, como são tristes estas madrugadas,
Estas serenatas tristes
composta de névoas e escuridão
de lágrimas e feridas do meu coração?
Oh, deus Shiva, se existes
Derrame sobre mim tua tempestade
Derrame sobre mim tua sorte
Derrame sobre mim a morte
E dê-me uma outra vida
um nova metade.
Para tentar encontrar esta bondade
que posso sentir próximo
mas em outro plano,
num outra parte,
na transitoriedade
da arte.
Sim, deus shiva, está lá
e é para lá que quero ir
para lá.
Oh, Deus! para ser amado e para amar...
_Sim, para ser abraçado e me apaixonar!
Onde viver
não seja sofrer;
Onde não exista dor
e ninguém sofra por amor,
A maior de todas as dores
De todos os sofredores...
De todos os poetas no mundo perdidos
e desiludidos,
com a felicidade.
Oh, meu querido Shiva, e todos os seus anjos queridos,
Derrame sobre mim tua tempestade!
Cavaleiro das sombras
Enviado por Cavaleiro das sombras em 02/11/2006
Código do texto: T279938
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cavaleiro das sombras
São Paulo - São Paulo - Brasil, 29 anos
56 textos (3632 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:58)
Cavaleiro das sombras