Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma sombra

O som da lamúria se escuta
Na caverna deserta e escura
De um horror que a morte procura
Da ilusão que desfeita se foi

E a sombra sozinha vaga,
Trôpega, esquisita, encurvada
Gritando a dor arraigada
Da inocência que já se perdeu.

Lamúria que vem da caverna,
Consolo nenhum tu quisera
Reclamando a grande quimera
Da esperança que cansou de esperar

Chora, maldita sombra
O escuro que ainda te assombra
Na tua noturna ronda
Tua lamúria se faz escutar.
Regis Camimura
Enviado por Regis Camimura em 06/11/2006
Reeditado em 10/11/2006
Código do texto: T283609

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (inclua o e-mail para contato (regis@w3gate.org)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Regis Camimura
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 34 anos
21 textos (4202 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:15)