Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sonhos em Vão

Cansado de sonhar, já estou grisalho,
Os castelos que sonhei, foi tudo em vão.
Meus sonhos foram gotas de orvalho,
Que escorreram pelo vidro até o chão.

Os desenganos corroeram planos,
Os planos de uma vida de ilusões,
As marcas do tempo no meu corpo,
No meu rosto, tantas frustrações.

Os sonhos desfeitos por desilusões,
Os devaneios torpes e sem norte,
Arrancaram do peito as emoções,
Arrastaram o coração até a morte.

Meus sonhos que passaram pela vida,
As horas mortas e o vazio de inspiração.
As esperanças vãs fecharam portas,
Trancaram para sempre o coração.
Beto Pupo
Enviado por Beto Pupo em 07/11/2006
Reeditado em 08/11/2006
Código do texto: T284453
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Beto Pupo
Campinas - São Paulo - Brasil, 60 anos
151 textos (14617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:41)
Beto Pupo