Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INJUSTAMENTE

INJUSTAMENTE

Foi como eu te perdi
Era terno o meu sentimento
Ansiava a cada momento
Somente estar junto a ti

Foi como eu te perdi
Desejava-te em pensamento
Sentia todo teu acalento
Na grata paixão que vivi

Foi como eu te perdi
Nada esta a meu contento
Vivo neste fel tormento
E ainda nada entendi

Foi como eu te perdi
Pôs meu peito em rebento
Meu coração ao relento
Foi forte a dor que senti

Foi como eu te perdi
Não agüento o sofrimento
E com tristeza, lamento
Mas aos poucos desisti


GILSON G SANTOS
Enviado por GILSON G SANTOS em 07/11/2006
Reeditado em 07/11/2006
Código do texto: T284612
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GILSON G SANTOS
Cubatão - São Paulo - Brasil, 50 anos
1323 textos (122188 leituras)
2 e-livros (44 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:22)
GILSON G SANTOS

Site do Escritor