Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Sina

Solidão diga-me o meu nome
Conte-me de onde eu vim e para onde vou
Meus dias são regidos pelo vazio
E complementados pela melancolia
 
Tempo me mostre onde errei
E chuva, lave do meu corpo a tristeza
Tira de mim essa maldição incerta
Que não me dá respostas

Hoje é o dia de minha partida
O dia que deixarei mais uma vez a terra da esperança
Caminhando de volta ao zero
Seguindo um caminho já conhecido

Agora escrevo meus momentos de desventuras
O papel e a caneta são meus únicos amigos
Confidencio a eles o meu coração
E eles em troca guardam pra mim os meus segredos
RazielL
Enviado por RazielL em 10/11/2006
Reeditado em 05/08/2008
Código do texto: T287661

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
RazielL
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 33 anos
39 textos (1783 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:50)
RazielL