Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noturno e Solitário

Noturno e Solitário


Nem percebi que estou sozinho aqui...
Duas guerras abalaram o mundo
E eu continuei com meu piano em Si
Menor executando esse noturno profundo.

Sou, quem sabe, o último louco...
As crianças de hoje já nascem calculando!
Eu, e eu... com vinte anos sei tão pouco!
Parece que a vida comigo está brincando.

Minhas notas são dissonantes para agora.
O teatro, realmente, está vazio
Todos se cansaram e foram embora.

Só a melodia me restou, sinto frio...
Corri inutilmente até lá fora,
Eles levaram meu último brio!

André

                 Aracati-Ce, 10 de outubro de 2006.







André Breton
Enviado por André Breton em 23/11/2006
Código do texto: T299290

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Breton
Aracati - Ceará - Brasil, 31 anos
60 textos (11784 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:44)
André Breton