Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Há um fim em tudo....


Nascem rosas negras ao peito...
Quanto tempo já não se passou
Até com as mãos alcanço o céu
Pena que aqui a brisa não me consolará

Não sinto nenhuma dor
Distraiu-me a ver os vermes passearem
Em mim como mais um enfeite tolo
Ainda posso voa em infantis lembranças

O silêncio como única trilha sonora
E com o passar do tempo esqueço tudo
Talvez aqui isso não tenha importância

E assim seguem os dias ou noites
Às vezes penso que escuto vozes
Há alguma chance de tudo chegar ao fim...


Chronos Sigdhara
Enviado por Chronos Sigdhara em 23/11/2006
Código do texto: T299345
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chronos Sigdhara
Gama - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
91 textos (2205 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:18)
Chronos Sigdhara