Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ilusões são coisas de criança....

Olhando a luz da lua, tão distante,
Musa que me inspirava sem cobrança
Meu despertar das emoções inertes,
Das paixões adormecidas na lembrança

Saudade de um beijo à luz da lua,
Das canções embaladas ao luar,
Nas noites frias de amor intenso,
O coração se acalentava tão fugaz.

O tempo passa e leva as esperanças,
Nem olhar para o céu não posso mais,
As ilusões são coisas de crianças,
Se apagam para não brilhar jamais.

Porque que o tempo esfria os corações,
Se a mesma lua permanece lá no céu?
Legando ao passado as emoções,
Não deveria ser o tempo tão cruel.



Beto Pupo
Enviado por Beto Pupo em 28/11/2006
Código do texto: T303513
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Beto Pupo
Campinas - São Paulo - Brasil, 60 anos
151 textos (14617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:19)
Beto Pupo