Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Agonia

Saio sim...da tua vida
com meus olhos cheios d’água
são minhas dores, mágoas
castigo e punição
sangraste meu coração
numa pena de dar dó
queres me ver sentindo o pó
d’um amor virado em ruínas
que vive pelas esquinas
jogado pela calçada
da traiçoeira apunhalada
de estranha infelicidade
me castigando sem piedade
como se eu fosse um bandido
desses que vive escondido
em tristezas e agonia
perdendo minha alegria
de amar e de viver
queria sim  me abastecer
com teu encanto e alegria
amando-te em poesia
até o dia amanhecer.


Edegar SOARES
Enviado por Edegar SOARES em 28/11/2006
Código do texto: T303968

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edegar SOARES
Balneário Camboriú - Santa Catarina - Brasil, 58 anos
152 textos (22132 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:30)
Edegar SOARES