Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HORIZONTE

No claro céu
que talves seja azul
ou talves não,
olho pro lado sul
do meu coração
e não te vejo;
calado corpo,
fugiu-te o desejo.

No imenso mar
que talves seja verde
ou talves não,
tento agora ver-te
nas ondas, em vão.
Peixes, sereias
em risos e ironias
das dores alheias.

A terra não quero,
cansei do olhar perdido,
que em cores muitas
se desfaz sofrido.
Só enxerga além
do céu, do oceano;
vê alguém, às vêzes
ou pode ser só
outro triste engano.
Riva
Enviado por Riva em 01/12/2006
Código do texto: T306929
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Riva
Peruíbe - São Paulo - Brasil
1075 textos (31538 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 02:42)
Riva