Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BONECA DE PANO

Tento divisar o que sobrou...
andar sobre velhos passos
olhando através de estilhaços,
do espelho que se quebrou;

A imagem que reflete, fora de foco,
em nada se parece humano
quando, algumas partes ainda toco,
parece-me boneca de pano...

Prendo a respiração!
Não vejo meu EU,
é apenas um coração
de alguém que, da vida, se perdeu...

Que medo insano...
e à crença profano
destes dogmas ateus
onde está o meu Deus?

À uma boneca me assemelho...
que jaz inerte, com medo da vida
perdeu-se da mulher atrevida
diferente do que mostra o espelho...
Lara
Enviado por Lara em 09/07/2005
Código do texto: T32509
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lara
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 61 anos
113 textos (9672 leituras)
3 e-livros (253 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:10)
Lara