Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canção de um zelador



Sei de minha tristeza
quando a escrevo no espelho
Borrada como passado

Pulsa inadiável conhecimento perdido
Sonda minha razão espúria
Sortilégios do rosto oculto

Que diz...que diz...

Abafado
Desventilado

Adentro espaço reservado
Serena alvorada
Zelador do silêncio

Da alma que fala
Que cala

Me diz... me diz...

Sede solar ecoa ressecada
Como nada saciou
O vazio me inundou

Zelo pela dor
Da fonte que ficou
Antes de sempre ser

No murmúrio do amor
E diz... e diz...

Nasce-me
antes que eu morra
leandro Soriano
Enviado por leandro Soriano em 13/07/2005
Código do texto: T33745
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandro Soriano
Santos - São Paulo - Brasil, 59 anos
199 textos (8367 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 13:04)
leandro Soriano