Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Blandícia


Numa trilhada...
Onde eu sinto
Esta triste ilhada
Nesse amor que consinto

Eu necessito...
A blandícia
Olham os meus gritos!
O poeta pede clemência

O meu corpo...
Está carente
Até demais me dou por louco
Preso neste amor quente...

Meu coração...
Já não lê este amor
Que situação!
Quem crê nesse clamor!...

Benguela, 14/2/2004
Nkazevy
Enviado por Nkazevy em 23/07/2005
Reeditado em 23/07/2005
Código do texto: T36997
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nkazevy
Benguela - Benguela - Angola, 30 anos
168 textos (11336 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:22)
Nkazevy