Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pobre Maria

Pobre, pobre Maria...
Na noite avançada, sem sono e sem cria...
O ladro de um cão...  um gato que mia...
Um choro distante, um grito... agonia...
Alguém que sem rumo também se perdia
Barulho de pedra em lata vazia

Pobre, pobre Maria...
Pensando nas coisas que o tempo fazia...
Sem canto, sem riso, sem flor e alegria...
Coração gelado guardado em alma fria...
Um grito silente que ninguém ouvia...

Pobre, pobre Maria...
A noite escoando no raiar do dia...
A lua fugindo no sol que surgia...
Um carro buzina... um pássaro pia...
Lá fora a cidade assim renascia...

Pobre, pobre Maria...
Sózinha e cansada assim padecia...
Então um alento enfim se anuncia
Naquele fim de noite, início de dia

Pobre, pobre Maria...
Cabeça pendente no bojo da pia...
A vida sem graça enfim se esvaía...
Enfim, entreaberta, a boca sorria...
Tony
Enviado por Tony em 26/07/2005
Código do texto: T37842
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tony
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 65 anos
22 textos (5069 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:43)
Tony