Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solidão.

Nos dias como hoje, dias e noites, noites sem amor,
Nas noites chuvosas e solitárias, onde nada vale nada,
Não derrame o seu pranto, a solidão é uma companhia,
Na perca o seu sono, não sonhe, não chore, mesmo quando dói,
Dependa somente de você, sempre de você,
Nunca se esqueça de acreditar no que diz, você sempre será o único,
Aprenda a caminhar sozinho, a jantar sozinho, a dormir sozinho,
Não se lamente nunca, é uma pena que não te compreendam,
Ame muito, mesmo que você ame sozinho, aprenda a tirar poesias disso,
Não se preocupe por chorar todas as noites, as lagrimas secam até o amanhecer,
E o mais importante, não viva muito, viva pouco, morra jovem,
Essa doença é cruel, a solidão é muito cruel, não arraste ela por anos,
Quem disse que ser sozinho é ruim?
Eu digo, ser sozinho é ruim.


 



Leo Magno Mauricio
Enviado por Leo Magno Mauricio em 29/07/2005
Código do texto: T38573
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leo Magno Mauricio
Guarulhos - São Paulo - Brasil
455 textos (14413 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:57)
Leo Magno Mauricio