Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade...

Saudade nua, crua e insana.
Que atormenta o meu coração!
Deixando espaço para o sofrimento,
E o livre arbítrio para a solidão...
Quisera eu poder encurralar-te,
E Te fazer sentir esta agonia!
Que exaspera este corpo sem forças,
E sem alento chora noite e dia.
Saudade triste e irremediável,
Que já faz parte desta minha vida!
Pisoteando outros sentimentos,
Me invadindo pela covardia...
Um dia deste te farei refém,
Nas bordas loucas deste meu martírio!
E com certeza te verei sofrer,
A dor cruel que eu tenho sentido

Izabel Silveira
Enviado por Izabel Silveira em 29/07/2005
Reeditado em 29/07/2005
Código do texto: T38783

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Izabel Silveira
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 58 anos
41 textos (3420 leituras)
3 áudios (237 audições)
7 e-livros (408 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:19)
Izabel Silveira