Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Medo de sofrer

Quantas pessoas existem,
que a vida, passar assistem.
Sentados à beira do caminho,
vêem os que passam pertinho;
seguindo sua trajetória,
escrevendo a própria história.
É um desfilar de imagens,
a confundir-se com paisagens,
que nem sempre são bonitas,
mas, por demais realistas.
Gente alegre a caminhar,
em algum lugar ir buscar,
aquilo que é importante,
para ser feliz, o bastante.
É o amor que todos querem!
Pouco importa se espinhos ferem.
Tem no coração esperança.
Em seu andar segurança.
As alegrias que o amor trará,
estas  vidas preencherá,
de tão terna melodia,
transformando o dia a dia,
em rotina agradável;
o amargor, suportável.
Não há só felicidade,
pois nós, a humanidade,
por muito mais que tentemos,
nunca nos satisfaremos,
com um mundo feito de amor.
Existirá sempre o clamor,
Daquele, que insatisfeito,
procura de qualquer jeito,
seguindo outros caminhos,
ferir-se com os espinhos,
negando a beleza da flor!
E vocês, com medo da dor,
ficam a margem a olhar,
sem coragem pra lutar,
o seu amor conquistar,
da felicidade desfrutar!
Deixam o tempo correr,
fingindo nada querer,
sozinhos sempre a viver,
só por medo de sofrer!

Daize Dorça, 28/07/1980.
Daize
Enviado por Daize em 03/08/2005
Código do texto: T39876
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Daize
São Paulo - São Paulo - Brasil, 76 anos
55 textos (3837 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:37)
Daize