Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIDA SOLITÁRIA

Vivo aprisionado em um mundo irreal, imaginário e solitário......
Presente, passado e futuro misturam-se em meus pensamentos, em minha mente frágil e insegura......
Minha vida segue, passando os dias por entre meus dedos sem que os sinta, sem que deles me beneficie, sem que viva......
Tornei-me um verdadeiro e fiel autômato, seguindo à risca, o que me é imposto por minhas obrigações materiais......
Somente quando a noite cai, e me isolo no aconchego de meu quarto, é que retorno à vida....
Volto a possuir sentimentos esquecidos, volto a sentir toda a vibração que emana de meu corpo cansado e castigado pelo tempo já vivido.......
É ali, naquela verdadeira alcova, que me sinto feliz novamente, pois, através de minha imaginação, viajo léguas, reencontro entes queridos, vivo amores proibidos, retorno à condição de ser humano.....
Minha vida isto se tornou, um verdadeiro emaranhado, onde realidade e ficção misturam-se com a simples e única finalidade da felicidade, da alegria, da paixão, do amor novamente encontrar.......
Vivencio cada minuto desse momento, como se o último fosse.....
Sinto cada toque, cada beijo, cada sensação, como se amanhã já não mais haveriam de existir......
Vivo em um mundo estranho, onde tudo e todos que me cercam parecem não existir, sendo meros coadjuvantes em uma peça teatral, na qual sou também participante......
Vivo solitário, mesmo estando cercado de carinhos, de mimos, de vida......
Triste sina, onde o que desejo, o que realmente quero, somente posso possuir através do imaginário e de sonhos, pois a longa distância e os preceitos morais, que geralmente nunca são observados e seguidos, proibem-me de viver esta ardente e verdadeira paixão arrebatadora, que levá-me às portas da loucura......
Em meu mundo secreto e fechado, balbucio seu nome, meu corpo entra em frenesi, sinto-lhe realmente nos braços, amo e sou amado......
Infelizmente, a natureza é perfeita e ingrata, e ao perceber que nossa entrega está no auge, nos faz despertar e voltar a triste realidade, onde olhamos para os lados e sentimos que tudo não passou de um sonho lindo, e que novamente estamos neste estado de eterna solidão que fere, atormenta e faz chorar......
sgtcardoso
Enviado por sgtcardoso em 09/08/2005
Código do texto: T41405
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
sgtcardoso
Biguaçu - Santa Catarina - Brasil, 54 anos
515 textos (20942 leituras)
1 e-livros (84 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:18)
sgtcardoso