Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sentenciado por amar

Severamente fui condenado
a sentençã...
por amar-te eternamente!

Meus olhos emanam
Um trovão de algazarra
Mas que amor acreú

Não!
Não me despedaçes
Que ainda deleito
A esperança
Deste sofrível sentimento




Nkazevy
Enviado por Nkazevy em 20/08/2005
Reeditado em 20/08/2005
Código do texto: T43897
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nkazevy
Benguela - Benguela - Angola, 30 anos
168 textos (11336 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:24)
Nkazevy