Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NEM TENTAR TENTAR
(2001)

(EU NÃO CONSEGUIRIA -rev)

Se fosse resolver,
iria te dizer
da minha agonia.
Se fosse adiantar,
um verso pra mostrar
a minha alma vazia.
Mas sei que não vai dar,
nem me vale tentar,
eu não conseguiria.
Nem há porque falar
ninguém vai escutar
e o que mais me angustia
é ver que se perdeu
no fundo deste olhar
a minha alegria.
Quem sabe sem olhar,
eu possa até falar,
sem muita covardia.
Mas sinto o teu olhar
e volto pra buscar
um pouco de alegria
que venha iluminar
as sombras do lugar
em que o sonho dormia
e possa inundar o peito e aliviar
a dor que eu não queria:
a dor de não sonhar
por medo de acordar
com a casa vazia.
E assim deixar entrar
os sonhos que esqueci,
e decidi jogar
pelo ralo na pia.
Mas sei que não vai dar
nem me vale tentar.
Eu não conseguiria.

Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 21/08/2005
Código do texto: T44183

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (154014 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:32)
Débora Denadai