Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESENCANTO

Este meu canto é meu próprio pranto
Que ecoa furtivamente saturado de desilusões...
É meu lamento fatigado por sucessivos desenganos
Minha melancolia,meu tédio e minha saudade
Este meu canto é minha musa doentia
Meu grito interminável de rebeldia
No silêncio desta minha noite de ansiedade

Este meu canto é minha voz solitária
Que se agita murmurante ao vento
Sem nenhuma resposta esperançosa...
Este meu canto é minha fuga
E meu apelo,meu último recurso
Minha desesperada luta...
Este meu canto é meu medo soluçante
Minha meditação confusa,meu resumo estranho
Meu desabafo torturante...
Este meu canto é meu triste desencanto.



Gladston Salles
Enviado por Gladston Salles em 02/09/2005
Reeditado em 07/09/2005
Código do texto: T47177
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link gladstonsalles.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Gladston Salles
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
321 textos (38899 leituras)
2 e-livros (316 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:32)

Site do Escritor