Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

À Espera

Uma tristeza forte e veraz
Sinto vir a meu encontro
Como à viúva a morte traz.

Sinto meu peito nada bem
Uma tristeza extraordinária
Ordinária, nada bem.

Sinto vir o mal sincero
Que vem como prelúdio
Vem, sinto, e estou certo.

Vem, e eu já espero frio
Já não mais me aborreço
Vem a mim a paixão, o vazio.

Vem e me enternece agora
Vem, como sempre, mata
Até que eu a mande embora.
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 12/09/2005
Código do texto: T49877

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
958 textos (30825 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:40)
Júnior Leal