Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MUROS...


Muros...


Pelotaços amainados incerta madeira á fornalha
Queimados nos desenganos banhados de lágrimas
Brami vento libertário derrubando feita muralha
Construção de abandono à vacilante usança diária

Concebida no ferrundo na argamassa de mágoas
Fatuidade precipitada estimulando a enxurrada
Sem vigas esperançadas sem certezas estacadas
Rumam sem traçados murados tapumes e cercas

Tijolos fragmentados arremessados á travessia
Sem muretas de espera ausência cercando futuro
Avassalando chuva forte desmorona a covardia
Acúleos cunhados encenam abaçanados e mudos

Sem alardes amargurados idos risos contentados
Restam calabrotes insanos colhidos à face em risos
Alvitro sem cambalear entre essência e a divisória
Acastelando a claridade contrapesando a empáfia!



Deth Haak

19/09/2005
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 19/09/2005
Código do texto: T51804
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65374 leituras)
50 áudios (9723 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:52)
Deth Haak