Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prisioneiro

Olhos fixos nas estrelas brilhando
Assim vou levando a vida
Olhos fixos nas ondas do mar
Sigo em meus pensamentos

Pensamentos que esvoaçam
A procura do momento
Da frase, do gesto, da ação
Que me tornou saudoso

Não quer me dizer quando foi?
A inocência me faz esquecer
Onde te magoei, te feri
Suplico, não me abandones!

Sinto o mar como um simples aquário
Onde estão contidos meus sentimentos
Presos na saudade, na angústia
Buscando o teu perdão

Sou prisioneiro de mim
Prisioneiro do medo, da dor
Á procura da liberdade
Vou seguindo, com esperanças

De libertar o animal que há em mim
De fazer aflorar o amor que sinto
De gritar bem alto, para todos ouvirem
“Que eu te amo muito!”

Juraci Rocha
Enviado por Juraci Rocha em 02/10/2005
Código do texto: T55663

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Juraci Rocha Silva). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Juraci Rocha
São Paulo - São Paulo - Brasil
342 textos (131989 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:34)
Juraci Rocha