Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Duas Almas...


Nas linhas das suas mãos, a cigana
Leu sua saga, seu próprio destino....
Seria ferida mortalmente por aquele
Que dizia ser o seu amor divino...
 
O amor de tantas eras, abençoado,
Sonhado, esperado a vida toda...
Não acreditando no presságio, seguiu
Amando, amando como uma louca!...
 
Esquecendo que ela existia, viveu
Dele, só para ele, só dele inteira...
Cigano nenhum conquistou seu amor,
Mas para ele, ela era só uma rameira...
 
Em uma noite cinzenta e fria...
Ela encontrou seu cigano com outra,
Aquela cena atravessou seu coração,
Ferindo mortalmente como uma lança.
 
Nessa hora o cigano descobriu
Que ela era o seu amor, sua vida,
Gritou desesperado: - Acorda amiga!
Para ela, a sina estava cumprida...
 
Hoje em noites de luar, duas almas
Vagam perdidas, uma lamenta e chora,
A outra, aflita grita por perdão, perdão!
Uma vaga em seu pranto e a outra implora!
 
Perdão descobri que era você
O meu grande e verdadeiro amor!
Ela sempre responde:
- Vá embora por favor!!!
Mary Trujillo
14.09.2005


Dos Almas...
Marilena Trujillo

En la líneas de sus manos, la gitana
Leyó su saga, su propio destino....
Sería herida mortalmente por aquél
Que decía ser su amor divino...

El amor de tantas eras, bendito,
Soñado, esperado la vida toda...
No creyendo en el presagio, siguió
Amando, amando como una loca!...

Olvidando que ella existía, vivió
Para él, sólo para él, sólo para él por entero...
Ningún gitano conquistó su amor,
Pero para él, ella sólo era una ramera...

En una noche gris y fría...
Ella encontró a su gitano con otra,
Aquella escena atravesó su corazón,
Hiriéndolo mortalmente como una lanza.

En ese momento el gitano descubrió
Que ella era su amor, su vida,
Gritó desesperado: - Despierta amiga!
Para ella, el sino estaba cumplido...

Hoy en noches de luna, dos almas
Vagan perdidas, una lamenta y llora,
La otra, afligida grita por perdón, perdón!
Una, pena en su llanto y la otra implora!

Perdón descubrí que eras tú
Mi grande y verdadero amor!
Ella siempre le responde:
-Vete de aquí por favor!!!

Versión en español
Alberto Peyrano
Mary Trujillo
Enviado por Mary Trujillo em 03/10/2005
Código do texto: T56032

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio
Duas Almas - Mary Trujillo
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mary Trujillo
São Paulo - São Paulo - Brasil
387 textos (25775 leituras)
41 áudios (1840 audições)
8 e-livros (1171 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:43)
Mary Trujillo