Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM ADEUS VIRTUAL

Queria poder descrever,
Este vazio que me cerca.
Te contar sobre as noites,
Que perdi a tua espera.
Queria versar sobre a tristeza,
Que invadiu o meu viver,
Por não saber sobre você.
Mas nada disso mudaria,
Tua hoje forma de pensar,
Pois desististes de amar,
Preferiu penetrar na ilusão,
De viver sem coração,
De viver sem se importar,
Condenando a solidão,
Meu triste coração.
Apenas versos tristonhos,
Ocupam agora aquele lugar
Precioso dos meus sonhos,
Que você um dia alimentou,
Por trás daquela tela fria,
A dedilhar promessas vazias.
E mesmo que o mundo todo ria,
Deste louco amor virtual,
Confesso que te amei de verdade,
Sem imaginar ou mesmo perceber,
Que eu nunca iria te conhecer.
Queria tanto que tuas palavras,
Hoje se tornassem verdades,
E jamais ter descoberto,
As mentiras que me falou.
Então escute este lamento,
Que embalado nos meus pensamentos,
Eu te envio ao sopro do vento,
Pois finalmente consigo te falar,
Adeus!
Adeus... a quem nunca soube me amar.


29/11/1999

 
Sonia Ferraz
Enviado por Sonia Ferraz em 03/10/2005
Reeditado em 01/08/2016
Código do texto: T56144
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Ferraz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
665 textos (37146 leituras)
33 áudios (5813 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:07)
Sonia Ferraz

Site do Escritor