Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NO DIA EM QUE EU FOR ME MATAR

NO DIA EM QUE EU FOR ME MATAR

VOLTAREI PRA CASA LENTAMENTE

CONTANDO OS PASSOS

APRECIANDO AS PEDRINHAS QUE CHUTO

COMO SE EU NÃO TIVESSE ESCOLHA

E ACHO QUE NÃO TENHO

TENHO TANTA COISA CONTRA MIM

DEUS,ODESTINO,A VIDA

QUEM SOU EU PARA FICAR CONTRA

AS MERAS CARNES PÁLIDAS

QUE CARREGAM ESTA EXISTÊNCIA

NUMA CASA VAZIA E LÚGUBRE

A MORTE ME ESPERA ANSIOSA

OLHANDO AFLITA PARA O RELÓGIO

É CHEGADA A HORA DO AUTO ABATE

O MONSTRO DE SI MESMO

SEU MEDO,SEU INIMIGO,SEU ASSASSINO

PÓBRE MENINO TRISTE E SOLITÁRIO.
pedro carmo
Enviado por pedro carmo em 08/10/2005
Código do texto: T57785
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedro carmo
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 34 anos
172 textos (5174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:26)
pedro carmo